domingo, 30 de janeiro de 2011

Ardor eterno

Imagem: Google

Tal qual o sol resplandecendo em meio à chuva,
Resiste, intemerato, o sentimento
A uma existência de provança.

Ardor eterno, a alimentar almas amantes,
Faz ressurgir, a cada novo amanhecer,
A contumaz chama da esperança.

Copyright 2011©Josselene Marques
Todos os direitos reservados

Um comentário:

Ilaine- disse...

Josselene!

Há um ardor eterno nestas palavras... Linda poesia. Beijo