sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Mundividência

Nesta imagem, você pode enxergar uma jovem e/ou uma idosa...
Imagem do Google

Mundividência

Tudo depende da forma e do ângulo com os quais encaramos o mundo. Um problema, por exemplo, pode tornar-se bem mais difícil de resolver se aumentarmos o seu tamanho. As pedras fazem parte do caminho e sempre haverá um jeito de superá-las, retirá-las ou desviá-las. Elas existem para que tenhamos motivos para lutar, viver e valorizar cada avanço em direção ao futuro que almejamos.

Também podemos enxergar beleza ou fealdade em uma mesma pessoa, coisa ou paisagem. O estado de espírito, as preferências e o background serão determinantes nessa mundividência.

Busquemos, pois, ver o mundo com os olhos do coração, a serenidade e a sensibilidade dos poetas. Destarte, os fardos e os entraves parecerão bem menores do que, realmente, são e ampliaremos as chances de vencê-los.

Copyright 2011 ©Josselene Marques
Todos os direitos reservados

4 comentários:

Anônimo disse...

Costumo dizer que vemos mais com nossos conceitos que com os olhos. Sábia reflexão. Abraços. Ângela R Gurgel

Alejandra disse...

Muyy cierto amiga , estoy en un proceso de ver las cosas de otro ángulo ...espero te encuentres muy bien , te envío todo mi cariño,
Ale

Ilaine - em Copenhague disse...

Oi,amiga! Impressionante esta imagem. Consegui identificar a pessoa idosa e a jovem. Sim, tudo depende do coração, do bem que trazemos dentro de nós. O olhar sempre será guiado por aquilo que trazemos dentro de nós. É preciso enxergar o belo. Beijo.

Anônimo disse...

Linda crônica! Adorei. É assim mesmo. Temos essa peculiaridade em nós. Como disse antes: adorei.
Abraço,s
Raí